-->
 

NOVA DIRECÇÃO UPA

Caros associados:
Comunica-se a todos os associados não participantes na AG que a Lista Única apresentada a 7 de Maio foi eleita por unanimidade dos presentes, pelo que tais candidatos se ocuparão agora dos destinos da nossa associação no próximo biénio 2011-2013.

Tal lista pretende continuar o trabalho levado a cabo pela anterior direcção, e embora a UPA tenha em mente a prática de aikido livre e democrático (de todos, com todos e para todos os praticantes), não pode jamais negar a necessidade de se manter uma referência humana, teórica e técnica que confira estabilidade e credibilidade a um trabalho sólido que foi iniciado justamente há cerca de dois anos com o Professor Nebi Vural. Tudo na vida, como o Aikido, precisa de um centro para se equilibrar.

Assim, não podemos deixar de primeiro agradecer a todos os que contribuiram com o seu excelente trabalho em 2009-2011 e  esta nova direcção assume para com os associados e anterior direcção o compromisso de nos mantermos fiéis aos ensinamentos e espírito de N. Tamura Shihan, nomeadamente através do Prof. Nebi Vural, seu aluno directo e nosso Director Técnico. Mas tal como no Aikido, nós devemos exigir de nós sempre mais, numa competição connosco próprios.

É agora, mais do que nunca, que contamos com a participação activa de todos na vida associativa desta nossa UPA, para assim poder aumentar quer o número de praticantes quer a qualidade técnica dos nossos associados. Só assim é que podemos evoluir: fazendo Aikido para além do nosso Dojo, dentro e fora do tapete, convencendo por exemplo um amigo a ir assistir a um estágio ou um treino ou propondo novas ideias a esta direcção, que estará sempre aberta a recebê-las.

Afinal de contas é nestes tempos difíceis de “guerra” (como os que aí vêm), que podemos concluir que o estudo de uma arte marcial como o Aikido fará mais sentido; e é justamente nestas ocasiões em que nos exigem que façamos sacrifícios e opções, que nos vamos dar conta que o Aikido (e os amigos que vemos no tatami) são justamente daquelas coisas de que não abdicamos, porque são as que nos dão mais prazer e alegria.

Por isso, esta direcção, tal como o professor do nosso Dojo, estará sempre cá para para ajudar a chegarmos ao objectivo, mas caberá a cada um de nós participar activamente e esforçar-se diariamente para manter esse espírito unido, tal como se fosse um treino. Só assim podemos dizer que estamos de facto a fazer AI-KI-DO, a aplicar no dia-a-dia, e não apenas mero exercício físico que se faz umas duas ou três vezes por semana.

Um abraço a todos,
Pela Upa


Nuno Alexandre Rocha
Presidente

Deixe a sua resposta